domingo, 17 de maio de 2020

A Família como Base para a Imigração

Fatores que importam para o sucesso da imigração sempre dizem respeito à humildade, seja ela na hora de escolher o lugar para morar, o momento de empreender, entender o que é investimento e o que supérfluo, além é claro, do respeito pelo companheiro. Doar-se ao relacionamento e à família pode ser o ponto mais alto dessa jornada. 

A decisão para migrar precisa ser feita entre o casal e os filhos, sem promessas que sejam difíceis de cumprir ou concessões em busca do convencimento. É imprescindível o desejo comum pelo novo projeto de vida. O que será a realização de um não deve ser a frustração do outro. 

Eu fui o convidado pela minha esposa para morar nos Estados Unidos. Passaram dois anos até eu concordar, o que depois fui descobrir que é um tempo médio em que os casais discutem até a decisão de ir embora.

A partir daí muita coisa foi difícil e deu errado, mas nós enxergamos uma rara oportunidade de nos reinventar através de novas habilidades e estivemos sempre convictos de que tudo daria certo. É claro que não bastou a esperança, foram incontáveis atitudes planejando e executando as ações que fomos criando desde o início. 

Agora, com uma gama de soluções para as pessoas que desejam investir ou imigrar para os Estados Unidos, demos início às oportunidades que vão além da crise. Estamos gerando negócios para nós, para empresas e indivíduos, que superam a nossa própria expectativa. Focamos em ajudar pessoas, ter qualidade de vida e prosperar!

Os próximos passos, que soam como um misto de desejo e desafio, é mostrar esses caminhos trilhados por nós, à outras famílias oprimidas pela situação em que vivem, a fazer os primeiros movimentos na direção de organizar e estruturar o seu novo recomeço, tendo como aliado a maior potência mundial, os Estados Unidos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário